Valor: estatal chinesa tem quatro usinas em SP e planeja expansão

In De Olho na Imprensa, De Olho no Agronegócio, Empresas estrangeiras, Principal, Últimas

Cofco Agri entrou neste ano no mercado paulista de cana e no mercado matogrossense de soja; empresa fala em aquisição de mais usinas e em “forte crescimento no Brasil”

A notícia está no Valor Econômico de hoje: “Cofco Agri planeja ampliar usinas no Brasil“. Trata-se de uma estatal chinesa, que fatura US$ 40 bilhões por ano. Segundo o jornal, dona de quatro usinas sucroalcooleiras em São Paulo. E que planeja “um forte crescimento no setor no Brasil”.

“O foco, no curto prazo, é a expansão da capacidade de produção de suas plantas no país, mas o crescimento também pode vir a partir da aquisição de usinas”. Saltando de 15 milhões de toneladas de cana, capacidade atual, para 18 milhões de toneladas, em 2019.

O site da União da Indústria de Cana-de-Açúcar (Unica) informa que a Cofco possui unidades em Catanduva, Meridiano, Poturendaba e Sebastianópolis. Elas pertenciam à empresa Noble Agri, de quem também herdou uma unidade de processamento de soja em Rondonópolis (MT).

A cana-de-açúcar ocupa a maior parte da área plantada no estado de São Paulo. E a compra de terras por estrangeiros está na pauta tanto do governo Temer como do Congresso – embora, na prática, já ocorra.

You may also read!

Com Bolsonaro, a vida na única reserva extrativista do Mato Grosso está mais difícil

Moradores contam que um avião sobrevoou as casas em fevereiro atirando veneno tanto quanto podia; Assembleia Legislativa tentou acabar

Read More...

Matopiba concentra mais da metade das queimadas no Cerrado

Uma das principais fronteiras do agronegócio no Brasil, região também lidera casos no acumulado de 2019, com aumento de

Read More...

Povos tradicionais e extrativistas traçam estratégias de resistência em defesa do Cerrado

Em sua 9ª edição, o Encontro e Feira dos Povos do Cerrado reuniu indígenas, quilombolas, quebradeiras de coco e

Read More...

Leave a reply:

Your email address will not be published.