Categoria: Empresas brasileiras

Doleiro preso disputou terras com indígenas no Paraguai

Detido pela PF em apartamento nos Jardins, em São Paulo, Dario Messer reuniu mais de cem mil hectares no

Condenado por morte de auditores fiscais em Minas, “rei do feijão” deve R$ 8 milhões à União

Norberto Mânica é mandante confesso do homicídio de um dos quatro funcionários do Ministério do Trabalho, em crime que

Agrotóxicos liberados pelo governo intoxicaram 92 crianças e funcionários em escola de Goiás

Lista com 31 agrotóxicos autorizados pelo governo inclui formulações dos inseticidas Lambda-Cialotrina e Tiametoxam, pulverizados em 2013 sobre a

Empresários da soja subsidiaram campanha do líder da bancada ruralista

Presidente da Frente Parlamentar da Agropecuária recebeu recursos de sojicultores nas duas últimas eleições; em 2014, companhias como Fibria

Financiadores da bancada ruralista pilotam também campanha pró-agrotóxicos

Associações de produtores de grãos, fabricantes de sementes e produtos químicos têm multinacionais entre associados e comandam marketing em

Multinacionais são financiadoras ocultas da Frente Parlamentar da Agropecuária

Empresas como Bayer, Basf, BRF, JBS, Bunge, Syngenta e Cargill compõem as associações do agronegócio cujos recursos custeiam o

A história do trabalhador que morreu em máquina de moer frango – e do frigorífico onde ele trabalhava

A família de Rodrigo Lopes ainda aguarda informações do inquérito sobre sua morte, em março, no município de Eldorado

Família Safra obteve 50 mil hectares em região Xavante durante a ditadura, em 1967

Atividade pecuária dos banqueiros no Vale do Araguaia teve subsídio da Sudam; em nome de Joseph Safra, uma das

Um dos agrotóxicos liberados em janeiro pelo governo Bolsonaro chama-se Topatudo

Empresa gaúcha que pediu o registro do pesticida, uma variação do cancerígeno glifosato, tem conexões familiares com gigantes da

Território do tamanho da Holanda: Vale explora 4 milhões de hectares no Brasil

Área não inclui 132 mil hectares de subsidiária no Pará, em região com assassinato de quilombolas, nem 1,3 milhão