Doze anos depois, Justiça garante processo por trabalho escravo contra pai de André Fufuca

In Bancada Ruralista, De Olho na Política, Em destaque, Principal, Últimas

Juíza do TRF-1 determinou no dia 10 de agosto prosseguimento de ação penal contra o prefeito de Alto Alegre do Pindaré (MA), por causa de flagrante ocorrido em 2005

O Tribunal Regional Federal da 1º Região (TRF-1) divulgou na segunda-feira (28/08) uma decisão que determina o prosseguimento de ação penal contra o prefeito de Alto Alegre do Pindaré (MA), Francisco Dantas Ribeiro Filho, o Fufuca. Motivo: trabalho escravo. Ele é pai de André Fufuca, ou Fufuquinha, que assumiu interinamente, nesta terça-feira, a Presidência da Câmara dos Deputados.

De Olho nos Ruralistas divulgou ontem notícia sobre o histórico de Fufuca – o pai – com trabalho escravo. Ele ficou na Lista Suja do Ministério do Trabalho entre 2006 e 2009. Doze trabalhadores foram libertados da fazenda Piçarreira, em 2005, em Alto Alegre do Pindaré – quando ele também era prefeito. Confira a notícia: “Pai do deputado Fufuca já esteve na Lista Suja do Trabalho Escravo“.

Horas depois, o The Intercept Brasil divulgou a seguinte notícia: “André Fufuca é herdeiro político de prefeito processado por trabalho escravo“. Com a informação de que a juíza Rogéria Maria Castro Debelli, do TRF-1, determinou no dia 10 de agosto o prosseguimento da ação penal. A decisão da juíza pode ser lida aqui.

Segundo o Intercept, o processo contra Fufuca foi movido somente em 2013. “A Justiça fez uma série de tentativas de notificar o acusado, sem sucesso, até que, em 2015, após ser citado por edital, ele se apresentou”, relata o site. A ação foi iniciada na Justiça Federal do Maranhão, mas passou para o TRF-1 após o pai do deputado ser novamente eleito, no ano passado, prefeito de Alto Alegre do Pindaré.

You may also read!

Apenas 1/3 da cúpula ruralista votou pela prisão de Chiquinho Brazão

Entre 48 deputados que integram cargos de comando na Frente Parlamentar da Agropecuária, 20 votaram contra a detenção do

Read More...

Gigantes da moda usam algodão “sujo” do Cerrado em suas roupas

Pesquisa da ONG Earthsight identificou que as marcas Zara e H&M, líderes mundiais no setor, usam matéria-prima oriunda dos

Read More...

Dossiê “Arthur, o Fazendeiro” é finalista do prêmio Megafone

Pesquisa sobre a face agrária do presidente da Câmara analisou o domínio territorial e político dos clãs Pereira e

Read More...

Leave a reply:

Your email address will not be published.

Mobile Sliding Menu