Líder da bancada ruralista cobra dinheiro dos bancos na luta contra o coronavírus

In Bancada Ruralista, De Olho na Política, Em destaque, Principal, Últimas

Presidente da Frente Parlamentar da Agropecuária, deputado Alceu Moreira (MDB-RS) diz que eles publicaram balanços com mais de R$ 50 bilhões em lucros “e até agora não contribuíram com nada”

Por Alceu Luís Castilho

O deputado Alceu Moreira (MDB-RS) chegou à presidência da Frente Parlamentar da Agropecuária (FPA) como um dos líderes mais virulentos da bancada ruralista. Costumava falar em “esquerdopatas” e adotar discurso de enfrentamento aos movimentos sociais do campo e organizações não-governamentais. Fez parte da base de apoio do presidente Michel Temer e esteve entre os que organizaram o apoio da FPA ao presidente Jair Bolsonaro, ainda durante a campanha.

Na manhã desta terça-feira, após a declaração desastrada de Bolsonaro em rede nacional de televisão, ele voltou-se contra os bancos. Confira:

Deputado postou por volta das 11 horas, no dia 25 de março. (Imagem: Twitter)

Em 2014, Moreira conclamou fazendeiros contra os povos indígenas, no Rio Grande do Sul. Foi no mesmo evento em que seu colega gaúcho Luis Carlos Heinze (PP) referiu-se a gays, lésbicas, índios e quilombolas como “tudo o que não presta”. Confira aqui perfil de ambos feito pelo De Olho nos Ruralistas durante a última campanha eleitoral, em 2018: “Influentes e virulentos, ruralistas gaúchos tentam manter poder no Congresso e no Executivo“.

Em 2016, durante almoço da FPA em Brasília, atendeu com hostilidade à reportagem do observatório, com críticas a organizações não-governamentais como o Greenpeace e em defesa da venda de terra para estrangeiros, pouco antes de os repórteres serem expulsos pelo principal executivo da frente:

Os bancos estão entre os financiadores indiretos da Frente Parlamentar da Agropecuária, por meio de organizações como a Associação Brasileira do Agronegócio (Abag): “Multinacionais são financiadoras ocultas da Frente Parlamentar da Agropecuária“.

You may also read!

Líderes do campo pedem impeachment, renúncia ou um “comando entre todos”, sem Bolsonaro

Para João Pedro Stédile, do MST, Bolsonaro cometeu suicídio político e sociedade precisa se organizar apesar dele; Sonia Guajajara,

Read More...

Covid-19: vários membros da Via Campesina destacam a vulnerabilidade de camponeses e trabalhadores

Resposta insuficiente de governos à pandemia passa pela falta de apoio aos povos do campo, principais responsáveis pelos alimentos

Read More...

Eduardo Bolsonaro ataca parceiro de US$ 26,6 bilhões, a China, e agronegócio reage

Presidente da Frente Parlamentar da Agropecuária, o gaúcho Alceu Moreira (MDB) correu a ressaltar relações comerciais do Brasil com

Read More...

Leave a reply:

Your email address will not be published.