Líder da bancada ruralista cobra dinheiro dos bancos na luta contra o coronavírus

In Bancada Ruralista, De Olho na Política, Em destaque, Principal, Últimas

Presidente da Frente Parlamentar da Agropecuária, deputado Alceu Moreira (MDB-RS) diz que eles publicaram balanços com mais de R$ 50 bilhões em lucros “e até agora não contribuíram com nada”

Por Alceu Luís Castilho

O deputado Alceu Moreira (MDB-RS) chegou à presidência da Frente Parlamentar da Agropecuária (FPA) como um dos líderes mais virulentos da bancada ruralista. Costumava falar em “esquerdopatas” e adotar discurso de enfrentamento aos movimentos sociais do campo e organizações não-governamentais. Fez parte da base de apoio do presidente Michel Temer e esteve entre os que organizaram o apoio da FPA ao presidente Jair Bolsonaro, ainda durante a campanha.

Na manhã desta terça-feira, após a declaração desastrada de Bolsonaro em rede nacional de televisão, ele voltou-se contra os bancos. Confira:

Deputado postou por volta das 11 horas, no dia 25 de março. (Imagem: Twitter)

Em 2014, Moreira conclamou fazendeiros contra os povos indígenas, no Rio Grande do Sul. Foi no mesmo evento em que seu colega gaúcho Luis Carlos Heinze (PP) referiu-se a gays, lésbicas, índios e quilombolas como “tudo o que não presta”. Confira aqui perfil de ambos feito pelo De Olho nos Ruralistas durante a última campanha eleitoral, em 2018: “Influentes e virulentos, ruralistas gaúchos tentam manter poder no Congresso e no Executivo“.

Em 2016, durante almoço da FPA em Brasília, atendeu com hostilidade à reportagem do observatório, com críticas a organizações não-governamentais como o Greenpeace e em defesa da venda de terra para estrangeiros, pouco antes de os repórteres serem expulsos pelo principal executivo da frente:

Os bancos estão entre os financiadores indiretos da Frente Parlamentar da Agropecuária, por meio de organizações como a Associação Brasileira do Agronegócio (Abag): “Multinacionais são financiadoras ocultas da Frente Parlamentar da Agropecuária“.

You may also read!

Silvio Santos obteve 70 mil hectares no Araguaia em 1972, durante governo Médici

Uma das fazendas, a agropecuária Tamakavy, teve incentivo da Sudam e deu nome a uma rede de lojas; governador

Read More...

Mortes de agentes indígenas de saúde escancaram omissão do governo federal

Profissionais relatam escassez de equipamentos de proteção durante a pandemia e cobram da Secretaria Especial de Saúde Indígena, a

Read More...

Autor de emenda que beneficia missionários em terras indígenas já saiu no tapa por Cunha

Deputado Wellington Roberto (PL-PB) inseriu medida em projeto que destinou ajuda emergencial para povos originários e tradicionais; fazendeiro e

Read More...

Leave a reply:

Your email address will not be published.