Ruralistas deram 54% dos votos que aprovaram urgência na mineração em terras indígenas

In De Olho na Política, Em destaque, Governo Bolsonaro, Povos Indígenas, Principal, Últimas

Frente Parlamentar da Agropecuária deu 152 dos 279 votos favoráveis à tramitação em urgência do PL 191/2020, considerado inconstitucional pelo MPF; líderes partidários que assinaram requerimento também compõem a bancada do agronegócio

Por Bruno Stankevicius Bassi

Votação correu a portas fechadas enquanto multidão protestava em Brasília. (Foto: Mídia Ninja)

A Frente Parlamentar da Agropecuária (FPA), face mais organizada da bancada ruralista, contribuiu com 54,5% dos votos que aprovaram na quarta-feira (09) o requerimento de urgência para a tramitação do Projeto de Lei (PL) 191/2020, que autoriza a mineração em terras indígenas. Dos 279 deputados que apoiaram a pauta, 152 são membros do grupo, que emitiu parecer favorável à medida.

De autoria do governo federal, o projeto altera os critérios de realização de pesquisa e lavra de recursos minerais e hídricos em terras indígenas e é considerado inconstitucional pelo Ministério Público Federal (MPF). Com a aprovação do regime de urgência, o presidente da Câmara, Arthur Lira (PP-AL), determinou a criação de um grupo de trabalho para analisar a proposta, que deve ir a plenário ainda em abril.

Apesar de usar como pretexto a escassez de fertilizantes no mercado brasileiro em decorrência da guerra entre Rússia e Ucrânia, o PL 191/2020 já figurava entre as prioridades legislativas de Jair Bolsonaro para 2022, conforme mostrou reportagem do observatório: “Passando a Boiada: 12 das 45 prioridades do governo no Congresso são no campo“.

Pautada às pressas por Lira, a votação ocorreu enquanto cerca de 17 mil pessoas se mobilizavam em frente ao Congresso no Ato pela Terra, convocado pelo cantor Caetano Veloso e outros quarenta artistas, além de líderes indígenas, camponeses e quilombolas.

LUIS MIRANDA, QUE DELATOU RICARDO BARROS, ASSINOU COM ELE REQUERIMENTO DE URGÊNCIA

Bolsonaro e seu líder na Câmara, Ricardo Barros (PP-PR). (Foto: Facebook)

Fruto de uma articulação direta entre o presidente Jair Bolsonaro, o ministro de Minas e Energia, Bento Albuquerque, e o líder do governo, Ricardo Barros (PP-PR), o requerimento de urgência relativo ao PL 191/2020 contou com a assinatura de outros nove deputados, dos quais cinco são membros da Frente Parlamentar da Agropecuária.

Ao lado de Barros, assinam sete líderes de partido: André Fufuca (PP-MA), Altineu Côrtes (PL-RJ), Vinicius Carvalho (Republicanos-SP), Euclydes Pettersen (PSC-MG), Adolfo Viana (PSDB-BA), Elmar Nascimento (União-BA) e Sebastião Oliveira (Avante-PE). Também figuram no documento os deputados Marcelo Moraes (PTB-RS) e Luis Miranda (União-DF).

Este último ganhou destaque no ano passado após delatar o próprio Ricardo Barros em depoimento à CPI da Covid. Nele, Luis Miranda acusou o líder do governo de liderar um esquema de venda superfaturada da vacina indiana Covaxin. Na época, o observatório relembrou o histórico fundiário do paranaense, que inclui um latifúndio no Piauí em área de conflito: “Ricardo Barros: do feudo no Paraná às rotas da corrupção“.

Confira vídeo da série De Olho no Congresso sobre Arthur Lira:

MAIORIA DA FPA É FAVORÁVEL À PROPOSTA

Dona da maior bancada da Câmara, com 241 deputados, a FPA conseguiu a adesão de boa parte de sua base na votação da urgência do PL 191/2020.

Ao todo, 63% dos ruralistas votaram a favor do requerimento. Outros 24 deputados (10%) não estiveram presentes à sessão ou não puderam votar por comandarem a mesa diretora.

Confira abaixo como votou cada um dos membros da FPA na Câmara:

AJ Albuquerque (PP-CE) – votou Sim
Adriana Ventura (Novo-SP) – votou Sim
Adriano do Baldy (PP-GO) – votou Sim
Aécio Neves (PSDB-MG) – não compareceu
Afonso Hamm (PP-RS) – votou Sim
Afonso Motta (PDT-RS) – não compareceu
Aguinaldo Ribeiro (PP-PB) – votou Sim
Alan Rick (União-AC) – votou Sim
Alceu Moreira (MDB-RS) – votou Sim
Alcides Rodrigues (Patriota-GO) – votou Sim
Alexandre Frota (PSDB-SP) – votou Não
Alexandre Leite (União-SP) – votou Sim
Alexis Fonteyne (Novo-SP) – votou Sim
Aline Sleutjes (União-PR) – votou Sim
Altineu Côrtes (PL-RJ) – votou Sim
André Abdon (PP-AP) – votou Sim
André Fufuca (PP-MA) – votou Sim
Angela Amin (PP-SC) – votou Sim
Antonio Brito (PSD-BA) – votou Sim
Arnaldo Jardim (Cidadania-SP) – votou Não
Aroldo Martins (Republicanos-PR) – votou Sim
Arthur Lira (PP-AL) – não votou (Art. 17)
Arthur O. Maia (União-BA) – votou Sim
Átila Lins (PP-AM) – não compareceu
Átila Lira (PP-PI) – votou Sim
Aureo Ribeiro (Solidariedade-RJ)
Baleia Rossi (MDB-SP) – votou Não
Beto Pereira (PSDB-MS) – não compareceu
Beto Rosado (PP-RN) – votou Sim
Bia Cavassa (PSDB-MS) – votou Sim
Bia Kicis (União-DF) – votou Sim
Bilac Pinto (União-MG) – votou Sim
Bosco Saraiva (Solidariedade-AM) – votou Sim
Capitão Augusto (PL-SP) – votou Sim
Capitão Wagner (PROS-CE) – votou Sim
Carla Zambelli (União-SP) – votou Sim
Carlos Gaguim (Republicanos-TO) – votou Sim
Carlos Gomes (Republicanos-RS) – votou Sim
Caroline de Toni (União-SC) – votou Sim
Celso Maldaner (MDB-SC) – votou Sim
Celso Russomanno (Republicanos-SP) – não compareceu
Celso Sabino (União-PA) – votou Sim
Chiquinho Brazão (Avante-RJ) – votou Sim
Christiane Yared (PL-PR) – não compareceu
Christino Aureo (PP-RJ) – votou Sim
Claudio Cajado (PP-BA) – votou Sim
Cleber Verde (Republicanos-MA) – votou Sim
Coronel Armando (União-SC) – votou Sim
CoronelChrisóstom (União-RO) – votou Sim
Dagoberto Nogueira (PDT-MS) – não compareceu
Daniel Almeida (PCdoB-BA) – votou Não
Daniel Freitas (União-SC) – votou Sim
Daniel Silveira (União-RJ) – votou Sim
Darci de Matos (PSD-SC) – não compareceu
Éder Mauro (PSD-PA) – votou Sim
Delegado Waldir (União-GO) – votou Sim
Diego Andrade (PSD-MG) – votou Sim
Diego Garcia (Republicanos-PR) – votou Sim
Domingos Neto (PSD-CE) – votou Sim
Domingos Sávio (PSDB-MG) – votou Sim
Dr. Frederico (Patriota-MG) – não compareceu
Dr. Leonardo (Solidariedade-MT) – votou Sim
Dr. Luiz Ovando (União-MS) – votou Sim
Dra. Vanda Milani (Solidariedade-AC) – votou Sim
Dra. Soraya Manato (União-ES) – votou Sim
Edilazio Junior (PSD-MA) – votou Sim
Edio Lopes (PL-RR) – não compareceu
Eduardo Barbosa (PSDB-MG) – votou Não
Eduardo Costa (PTB-PA) – votou Não
Eduardo Bolsonaro (União-SP) – votou Sim
Efraim Filho (União-PB) – não compareceu
Elcione Barbalho (MDB-PA) – votou Não
Emanuel Pinheiro N (PTB-MT) – votou Sim
Emidinho Madeira (PSB-MG) – não compareceu
Enrico Misasi (PV-SP) – votou Não
Evair de Melo (PP-ES) – votou Sim
Fábio Henrique (PDT-SE) – votou Não
Fábio Ramalho (MDB-MG) – votou Não
Fabio Reis (MDB-SE) – votou Sim
Fabio Schiochet (União-SC) – não compareceu
Fábio Trad (PSD-MS) – votou Não
Fausto Pinato (PP-SP) – votou Sim
Felício Laterça (União-RJ) – votou Sim
Félix Mendonça Jr (PDT-BA) – votou Não
Fernando Coelho (União-PE) – votou Sim
Fernando Monteiro (PP-PE) – votou Sim
Franco Cartafina (PP-MG) – votou Não
Genecias Noronha (Solidariedade-CE) – votou Sim
General Girão (União-RN) – votou Sim
Geninho Zuliani (União-SP) – votou Sim
Giacobo (PL-PR) – votou Sim
Gil Cutrim (Republicanos-MA) – votou Sim
GilbertoNasciment (PSC-SP) – não compareceu
Giovani Cherini (PL-RS) – votou Sim
Glaustin da Fokus (PSC-GO) – votou Sim
Gonzaga Patriota (PSB-PE) – votou Não
Greyce Elias (Avante-MG) – votou Sim
Guilherme Mussi (PP-SP) – votou Sim
Gurgel (União-RJ) – votou Sim
Gustavo Fruet (PDT-PR) – votou Não
Gustinho Ribeiro (Solidariedade-SE) – votou Sim
Haroldo Cathedral (PSD-RR) – votou Não
Heitor Freire (União-CE) – votou Sim
Heitor Schuch (PSB-RS) – votou Não
Helder Salomão (PT-ES) – votou Não
Hercílio Diniz (MDB-MG) – votou Não
Herculano Passos (MDB-SP) – votou Não
Hermes Parcianello (MDB-PR) – votou Sim
Hildo Rocha (MDB-MA) – votou Sim
Hiran Gonçalves (PP-RR) – votou Sim
Hugo Leal (PSD-RJ) – votou Sim
Igor Timo (Podemos-MG) – não compareceu
Isnaldo Bulhões Jr (MDB-AL) – não compareceu
Israel Batista (PV-DF) – votou Não
Jaqueline Cassol (PP-RO) – votou Não
Jefferson Campos (PSB-SP) – votou Sim
Jerônimo Goergen (PP-RS) – não compareceu
Jéssica Sales (MDB-AC) – votou Não
Jesus Sérgio (PDT-AC) – votou Não
Jhonatan de Jesus (Republicanos-RR) – votou Sim
João C. Bacelar (PL-BA) – votou Sim
João Campos (Republicanos-GO) – votou Sim
João Maia (PL-RN) – não compareceu
Joaquim Passarinho (PSD-PA) – votou Sim
Joice Hasselmann (União-SP) – votou Não
Jose Mario Schrein (União-GO) – votou Sim
José Medeiros (Podemos-MT) – votou Sim
José Rocha (PL-BA) – votou Sim
Juarez Costa (MDB-MT) – votou Sim
Júlio Cesar (PSD-PI) – não compareceu
Júnior Ferrari (PSD-PA) – votou Sim
Junior Lourenço (PL-MA) – não compareceu
Júnior Mano (PL-CE) – votou Sim
Juscelino Filho (União-MA) – votou Sim
Kim Kataguiri (União-SP) – votou Sim
Laercio Oliveira (PP-SE) – votou Sim
Lafayette Andrada (Republicanos-MG) – votou Sim
Leonardo Monteiro (PT-MG) – votou Não
Leur Lomanto Jr. (União-BA) – votou Sim
Lincoln Portela (PL-MG) – votou Sim
Loester Trutis (União-MS) – votou Sim
Lourival Gomes (União-RJ) – votou Sim
Lucas Gonzalez (Novo-MG) – votou Sim
Lucas Redecker (PSDB-RS) – votou Sim
Luciano Ducci (PSB-PR) – não compareceu
Lucio Mosquini (MDB-RO) – votou Sim
Luis Miranda (Republicanos-DF) – votou Sim
Luiz Nishimori (PL-PR) – votou Sim
Luiz P. O. Bragança (União-SP) – votou Sim
Magda Mofatto (PL-GO) – votou Sim
Mara Rocha (PSDB-AC) – votou Sim
Marcel van Hattem (Novo-RS) – votou Sim
Marcelo Aro (PP-MG) – votou Sim
Marcelo Moraes (PTB-RS) – votou Sim
Marcelo Ramos (PSD-AM) – não votou (Art. 17)
Márcio Biolchi (MDB-RS) – votou Sim
Márcio Marinho (Republicanos-BA) – votou Sim
Marcos A. Sampaio (MDB-PI) – votou Sim
Margarete Coelho (PP-PI) – votou Sim
Mariana Carvalho (PSDB-RO) – votou Sim
Mário Heringer (PDT-MG) – votou Não
Mário Negromonte Jr (PP-BA) – votou Sim
Marreca Filho (Patriota-MA) – votou Não
Marx Beltrão (PSD-AL) – votou Não
Misael Varella (PSD-MG) – votou Sim
Moses Rodrigues (MDB-CE) – não compareceu
Nelson Barbudo (União-MT) – votou Sim
Nereu Crispim (União-RS) – votou Não
Neri Geller (PP-MT) – votou Sim
Newton Cardoso Jr (MDB-MG) – votou Não
Nilson Pinto (PSDB-PA) – votou Sim
Nilto Tatto (PT-SP) – votou Não
Nivaldo Albuquerque (PTB-AL) – votou Sim
Odair Cunha (PT-MG) – votou Não
Osires Damaso (PSC-TO) – votou Sim
Osmar Terra (MDB-RS) – votou Sim
Ottaci Nascimento (Solidariedade-RR) – votou Não
Otto Alencar (PSD-BA) – votou Não
Pastor Eurico (Patriota-PE) – votou Sim
Paula Belmonte (Cidadania-DF) – votou Sim
Paulinho da Força (Solidariedade-SP) – votou Sim
Paulo Abi-Ackel (PSDB-MG) – votou Sim
Paulo Azi (União-BA) – votou Sim
Paulo Bengtson (PTB-PA) – votou Sim
Paulo Freire Costa (PL-SP) – votou Sim
Paulo Martins (PSC-PR) – votou Sim
Pedro Lupion (União-PR) – votou Sim
Pedro Uczai (PT-SC) – votou Não
Pedro Westphalen (PP-RS) – votou Sim
Perpétua Almeida (PCdoB-AC) – votou Não
Pinheirinho (PP-MG) – votou Sim
Pompeo de Mattos (PDT-RS) – votou Não
Profª Dorinha (União-TO) – votou Não
Rafael Motta (PSB-RN) – votou Não
Reginaldo Lopes (PT-MG) – votou Não
Ricardo Barros (PP-PR) – votou Sim
Roberto de Lucena (Podemos-SP) – votou Sim
Rodrigo Coelho (Podemos-SC) – votou Sim
Rogério Peninha (MDB-SC) – votou Sim
Roman (Patriota-PR) – votou Sim
Ronaldo Carletto (PP-BA) – votou Sim
Rose Modesto (PSDB-MS) – não compareceu
Rubens Bueno (Cidadania-PR) – votou Não
Rubens Otoni (PT-GO) – votou Não
Ruy Carneiro (PSDB-PB) – votou Não
Sanderson (União-RS) – votou Sim
Sergio Souza (MDB-PR) – votou Sim
Shéridan (PSDB-RR) – votou Sim
Sidney Leite (PSD-AM) – votou Sim
Silas Câmara (Republicanos-AM) – votou Sim
Sóstenes Cavalcante (União-RJ) – votou Sim
Subtenente Gonzaga (PDT-MG) – votou Não
Tiago Dimas (Solidariedade-TO) – votou Sim
Tito (Avante-BA) – votou Sim
Uldurico Junior (PROS-BA) – votou Não
Vermelho (PSD-PR) – votou Sim
Vicentinho Júnior (PL-TO) – votou Sim
Vilson da Fetaemg (PSB-MG) – votou Não
Vinicius Carvalho (Republicanos-SP) – votou Sim
Vinicius Poit (Novo-SP) – votou Sim
Vitor Hugo (União-GO) – votou Sim
Vitor Lippi (PSDB-SP) – votou Não
Walter Alves (MDB-RN) – votou Sim
Weliton Prado (PROS-MG) – votou Não
Wellington (PL-PB) – votou Sim
Zé Silva (Solidariedade-MG) – votou Sim
Zé Vitor (PL-MG) – votou Sim
Zeca Dirceu (PT-PR) – votou Não

| Bruno Stankevicius Bassi é coordenador de projetos do De Olho nos Ruralistas. |

You may also read!

Filho de Bolsonaro defende fazendeiros que ocupam terras ligadas ao clã Dallagnol

Propriedades da família do ex-procurador, em Nova Bandeirantes (MT), têm sobreposições com Projeto de Assentamento Japuranã; deputado estadual

Read More...

Saiba quem é o dono da fazenda onde Guarani Kaiowá foi assassinado, no Mato Grosso do Sul

Massacre policial ocorreu nesta sexta-feira, em Amambai, na fronteira com o Paraguai, e deixou oito feridos; pecuarista tem várias

Read More...

Perícia mostra “triplex” de terras rurais da família Dallagnol no Mato Grosso

Sobreposição é uma das acusações do Incra para reaver dinheiro gasto com desapropriações; fazendas de tios e pai do

Read More...

Leave a reply:

Your email address will not be published.

Mobile Sliding Menu