Barragem para piscicultura de Nunes foi construída após criação da APA Capivari-Monos

In De Olho na Política, De Olho no Ambiente, Em destaque, Principal, Últimas

Mapas da plataforma Geosampa contradizem versão da prefeitura sobre infraestrutura para peixes do Sítio Vista Verde, em Marsilac, extremo sul de São Paulo; filho do prefeito Ricardo Nunes mantém página chamada Piscicultura Vista Verde e ostenta as carpas criadas no local

Por Alceu Luís Castilho, Eduardo Carlini e Bruno Stankevicius Bassi

Mapas da plataforma Geosampa contradizem informação da prefeitura de São Paulo sobre o tanque para piscicultura do Sítio Vista Verde, em Engenheiro Marsilac, extremo sul do município de São Paulo. O imóvel pertence ao prefeito Ricardo Nunes. Os mapas mostram que a barragem foi feita depois da criação da Área de Proteção Ambiental Capivari-Monos.

Nunes é o dono de treze lotes no Parque Internacional, onde fica o Sítio Vista Verde. O tanque para peixes está instalado em uma Área de Preservação Permanente (APP), a poucos metros de uma nascente. O local fica na APA Capivari-Monos, uma das principais faixas de Mata Atlântica do município e do estado de São Paulo.

O reservatório descumpre algumas das condicionantes exigidas pelo Código Florestal para a atividade de piscicultura, conforme mostramos ontem em reportagem especial: “Tanque para peixes de Ricardo Nunes barra nascente em APP no sul de São Paulo“. Os filhos de Nunes alugam o imóvel nas redes sociais: “Filhos de Ricardo Nunes alugaram sítio do pai para grupos de até 75 pessoas“.

De Olho nos Ruralistas publicou na quarta-feira (12) o primeiro de doze vídeos da série Endereços, sobre a relação dos políticos paulistanos com o território. Lançado no canal do observatório no YouTube, o episódio narra o histórico do Sítio Vista Verde, localizado em loteamento irregular, o Parque Internacional. Apenas 4 dos 13 lotes do imóvel estão em nome de Nunes no 11º Cartório de Imóveis de São Paulo.

Cada vídeo é acompanhado de reportagens em  nosso site que detalham o tema em destaque da semana. Confira aqui a primeira: “Sítio de Ricardo Nunes no extremo sul de SP fica em loteamento irregular“. A resposta do prefeito em relação ao terreno e à nascente também motivou um texto específico: “Prefeito de SP afirma que lotes em sítio estão “em regularização“.

O próximo vídeo, sobre uma das atividades empresariais de Ricardo Nunes, será divulgado na quarta-feira (19). O prefeito diz ter comprado o sítio no mesmo ano da criação da empresa Nikkey Controle de Pragas, que surgiu como uma pequena dedetizadora e hoje atende a Petrobras e multinacionais do agronegócio.

MAPAS MOSTRAM QUE BARRAGEM NÃO EXISTIA EM 2004 

Um dos pontos destacados na nota enviada pela assessoria de Nunes afirma que a infraestrutura do Vista Verde havia sido constituída antes da aquisição, realizada entre os anos de 1997 e 1998. Portanto, antes da criação da unidade de conservação:

— Os lotes em questão foram adquiridos entre 1997 e 1998 já integralmente construídos e constituídos em sua forma final, portanto, antes da criação da APA Capivari-Monos. (Os grifos são nossos.)

E reforça a informação outra vez no fim da nota:

— Na data de aquisição dos lotes mencionados ainda não tinha sido constituída a área de preservação, o que somente aconteceu em 2001.

Os mapas da plataforma Geosampa, no entanto, contam outra história. A partir da identificação das bases de ortofotos disponíveis nos anos de 2004 e 2017, a equipe de pesquisa do observatório identificou que o tanque de peixes de Nunes foi construído depois da criação da APA Capivari-Monos. Na ortofoto original, tirada três anos após a delimitação da área, a nascente no terreno ainda não havia sido barrada.

Tanque de Nunes surgiu pelo menos três anos depois da criação da APA Capivari-Monos. (Cartografia: Eduardo Carlini/De Olho nos Ruralistas)

FALTA DE ACESSO AO SANEAMENTO BÁSICO É TEMA CENTRAL ENTRE MORADORES DO BAIRRO

Inaugurada em 9 de junho de 2001, durante a gestão de Marta Suplicy, a APA Capivari-Monos foi a primeira unidade de conservação do município. Com 25 mil hectares, a área de proteção foi criada para preservar os recursos hídricos e os remanescentes de Mata Atlântica na bacia dos Rios Capivari e Monos, então sob intenso processo de desmatamento e erosão.

Além da importância ecossistêmica, a região possui um papel complementar no abastecimento de água da capital. Ali, a menos de 500 metros em linha reta do sítio de Ricardo Nunes, fica a Estação de Elevação de Águas Brutas (EEAB) Capivari, da Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo (Sabesp). A unidade bombeia água do rio para o Reservatório Guarapiranga, 20 quilômetros ao norte, onde ocorre o tratamento — por isso o termo “águas brutas”.

Sítio onde Ricardo Nunes barrou nascente fica a menos de 500 metros de estação da Sabesp. (Foto: Reprodução/GoogleMaps)

Inicialmente construída para geração de energia, a estação foi convertida para seu uso final nos anos 70, em resposta a uma crise de estiagem que secou os principais reservatórios da região metropolitana. Desde então, ela é acionada sempre que o Sistema Guarapiranga, responsável pelo abastecimento da zona sul, precisa de mais água.

Piscinas formadas no curso do Rio Capivari são atrativo turístico em Marsilac. (Foto: Sabesp)

Apesar da proximidade com a estação, moradores entrevistados pela reportagem disseram não usufruir de água encanada nem de tratamento de esgoto. Uma delas é Sueli Valentim, que mora na Rua 6 do Parque Internacional, a mesma rua onde fica o sobrado de Nunes. (O sítio tem áreas contíguas a três ruas do loteamento, uma delas a Rua 6. Seus fundos dão para a mata que desce até a Estrada da Ponte Seca, por onde se vai até o reservatório da Sabesp.)

Apoiadora do prefeito Ricardo Nunes, por quem diz fazer campanha sem nada em troca, somente por gostar dele, Sueli conta que usa o poço do prefeito para ter acesso à água potável. “A gente não tem como furar”, diz ela, em trecho da entrevista reproduzido em nosso vídeo.

Jonas Manoel dos Santos é o dono do Bar do Jonas, que foi decisivo para a reportagem localizar o sítio de Nunes. Era um dos únicos pontos na região que apareciam no Google Earth. Considerado irregular pela Secretaria Municipal de Habitação, o Parque Internacional quase não tem referências na internet. Sueli, por exemplo, comanda um grupo de moradores no Facebook e chama o bairro de Ponte Seca, com Parque Internacional entre parênteses.

Jonas conta que “todo mundo” tem poço. E enumerou pelo menos três minas que correm pelo bairro. Uma delas, “nos fundos do Seu Ricardo”. A falta de infraestrutura é uma constante entre os moradores, nenhum com o poder aquisitivo do prefeito. Todos disseram que o sítio é a única casa rica da região. Marsilac é o distrito com menor Índice de Desenvolvimento Humano (IDH) do município de São Paulo.

| Alceu Luís Castilho é diretor de redação do De Olho nos Ruralistas. ||

|| Bruno Stankevicius Bassi é coordenador de projetos do observatório. ||

||| Eduardo Carlini é geógrafo e pesquisador. |||

|||| Colaborou Carolina Bataier, repórter. ||||

Imagem principal (De Olho nos Ruralistas): prefeito de São Paulo possui sítio em área de nascente

LEIA MAIS:
Tanque para peixes de Ricardo Nunes barra nascente em APP no sul de São Paulo
Sítio de Ricardo Nunes no extremo sul de SP fica em loteamento irregular
Prefeito de SP afirma que lotes em sítio estão “em regularização”
Filhos de Ricardo Nunes alugaram sítio do pai para grupos de até 75 pessoas
Ricardo Nunes possui nove fazendas em Minas, duas delas por usucapião

You may also read!

Conheça o terreno em Parelheiros onde Nunes tentou construir condomínio empresarial

Imobiliária do prefeito, a Topsul Empreendimentos, iniciou processo em imóvel na Estrada Ecoturística de Parelheiros; mata e casa cotada

Read More...

Imobiliária de Ricardo Nunes mostra conexão empresarial com parceiros da zona sul

Dono da Topsul Empreendimentos, prefeito e amigos maçons montaram empresa em nome de parentes; todos tinham conexão com Associação

Read More...

Green Village: o condomínio em Interlagos onde Ricardo Nunes e amigos fazem seu “banco imobiliário”

Maçons e empresários do ramo de imóveis, grupo do prefeito tem apartamentos no local e tentáculos na prefeitura, em

Read More...

Leave a reply:

Your email address will not be published.

Mobile Sliding Menu