Categoria: Principal

Algozes de indígenas no MS tentam eleição no dia 2 de outubro

Candidatos a prefeito possuem terras em áreas Guarani Kaiowá ou Terena; outros são pecuaristas, latifundiários; alguns foram protagonistas diretos

Usina Colombo, em SP: dois trabalhadores mortos por causa de vazamento

Empresa que produz açúcar Caravelas tem faturamento bilionário e ganhou este mês o prêmio Visão Agro Sudeste; "meu filho

Organizações cobram dos candidatos o Direito à Comida de Verdade

Movimentos urbanos de agroecologia, contra agrotóxicos e contra a fome pedem comprometimento com segurança e justiça alimentar; entre as

Líder de Vem Pra Rua sai da Cosan para investir em ativos florestais pela Universidade de Harvard

Executivo-chefe da Radar, gestora de propriedades rurais do grupo usineiro, Colin Butterfield comandará nos EUA fundo ligado a commodities;

CNA prepara futuros diplomatas para vender modelo do agronegócio

Confederação da Agricultura leva estudantes do Rio Branco para "conhecer" latifúndios de monocultura; fazenda preferida, em Goiás, a Wehrmann,

Trabalho escravo: quem é o ex-governador de SC beneficiado por decisão de juíza

Magistrada criticou fiscais do Ministério do Trabalho e disse que trabalhadores libertados eram "viciados", relata a Repórter Brasil; Henrique

Políticos declaram e exploram terras em áreas indígenas, na Amazônia e no MS

Invasão de terras Xavante, no MT, é apenas a mais conhecida; um dos candidatos a prefeito no Arco do

Pecuaristas no Arco do Desmatamento multiplicam patrimônio como prefeitos

Comparação entre bens atuais e os declarados em eleições anteriores mostra como os candidatos à prefeitura nos municípios que

Dezoito políticos têm 50 mil cabeças de gado no Arco do Desmatamento

Um entre cada quatro candidatos nos municípios que mais desmatam é pecuarista; setor tem sido o principal responsável, nas

Reforma agrária está parada, mas políticos declaram terras em áreas de assentamento

Candidatos a prefeito e vice-prefeito em 2016 em municípios do Arco do Desmatamento não hesitam em informar a “propriedade”