Abaixo-assinados pedem à UE e aos EUA veto à compra da Monsanto pela Bayer

In De Olho na Comida, Últimas
(Foto: Aqua Mechanical/Flickr)

Global Justice Now organiza protesto junto ao Comitê de Concorrência da Comissão Europeia, para evitar “desastre”; nos EUA, 700 mil pessoas se manifestam contra fusões

A organização britânica Global Justice Now está organizando um abaixo-assinado contra a compra da Monsanto pela Bayer. Ele é endereçado à dinamarquesa Margrethe Vestager, do comitê sobre concorrência da Comissão Europeia. O título vai direto ao ponto: “Por favor, interrompa a compra da Monsanto pela Bayer” (Please, stop Bayer’s takeover of Monsanto).

“O acordo será um desastre para o sistema alimentar mundial”, diz o documento da organização. “Ele significa que uma só megacorporação do agronegócio será a maior empresa de sementes e pesticida, controlando fortemente os investimentos agrícolas mundiais”.

Segundo a ONG, a indústria já está fortemente concentrada em seis grandes empresas. E a notícia da compra da Monsanto levará, inevitavelmente, a novas fusões. “Estamos caminhando para uma situação onde nosso sistema global de alimentação estará dominado por um pequeno grupo de corporações que controlarão nossa comida – o que comemos e como isso é produzido”.

A carta endereçada à Comissão Europeia diz que o domínio dos mercados de sementes e pesticidas por uma só empresa não é de interesse público, constituindo uma ameaça aos agricultores, que perderão a competitividade. A organização aponta um controle “sem precedentes” pela Bayer.

ESTADOS UNIDOS

Nos Estados Unidos, a organização Center for Food Safety (Centro pela Segurança Alimentar)  divulgou nesta terça-feira (20/09) que reuniu 708 mil assinaturas pedindo ao Departamento de Justiça que vete as fusões entre Dow e DuPont, Syngenta e ChemChina, e entre Bayer e Monsanto. Nove organizações alegam que a concentração diminuirá a diversidade e a resiliência na produção de alimentos, deixando os agricultores com menos opções e custos mais altos.

As organizações são: SumofUs, Food & Water Watch, Sierra Club, Pesticide Action Network, Friends of the Earth, Center for Food Safety, Organic Seed Alliance, Rural Advancement Foundation International e Clif Bar Family Foundation/Seed Matters. Andrey Kimbell, do Center for Food Safety, apontou a criação de um “monopólio da toxicidade”. “Esta fusão [Bayer-Monsanto] será desastrosa para as pessoas, os polinizadores e o planeta”, apontou Tiffany Finck-Haynes, do Friends of the Earth.

You may also read!

Josimar Maranhãozinho, deputado flagrado com dinheiro vivo, já extraiu madeira de terra indígena

Revista Crusoé mostrou bolsonarista retirando maços de uma caixa, no escândalo do orçamento secreto; fazendeiro, ele saltou do zero

Read More...

Inimigo dos indígenas e alinhado ao agronegócio: quem é o novo ministro do STF

Próximo de Bolsonaro e "terrivelmente evangélico", André Mendonça defendeu tese ruralista na AGU e deve seguir a mesma linha

Read More...
Ceará 5 anos

No Ceará, indígenas e camponeses sofrem com pandemia, fome e exploração

Em cinco anos, De Olho nos Ruralistas mostrou pressão do agronegócio e o efeito avassalador da pandemia nas comunidades

Read More...

Leave a reply:

Your email address will not be published.

Mobile Sliding Menu