Quanto vale a vida de um trabalhador?

In De Olho no Agronegócio, Relações de trabalho

Uma usina localizada em Barra do Bugres (MT) foi condenada pela Justiça do Trabalho por causa de dois acidentes fatais. As mortes ocorreram em novembro de 2013 e junho de 2014. A primeira aconteceu após o trabalhador receber uma descarga elétrica enquanto mexia com a bomba hidráulica.

Vejamos a descrição do outro caso:

“A segunda morte ocorreu quando o trabalhador retirava o acúmulo do bagaço da cana do equipamento que, por estar sem travamento elétrico, ligou com o trabalhador dentro dela. Ele foi sugado e passou entre os martelos da máquina, caindo morto na esteira de bagaço. O trabalhador sofreu politraumatismo por esmagamento”.

Para saber mais, leia: http://bit.ly/2cX2XMa

You may also read!

Prefeito de SP afirma que lotes em sítio estão “em regularização”

Série "Endereços" contou que Ricardo Nunes possui treze lotes em Engenheiro Marsilac, na APA Capivari-Monos, mas apenas quatro estão

Read More...

Sítio de Ricardo Nunes no extremo sul de SP fica em loteamento irregular

Prefeito tem treze lotes em Engenheiro Marsilac, na APA Capivari-Monos, mas apenas quatro estão em nome dele; De Olho

Read More...

Prefeito de Eldorado do Sul terraplanou terreno em APA às margens do Rio Jacuí

Empresa em nome de sua família foi investigada pelo Ministério Público após aterrar área de "banhado" da Área de

Read More...

Leave a reply:

Your email address will not be published.

Mobile Sliding Menu