Funai nomeia um coronel fazendeiro para coordenação de Campo Grande

In De Olho nos Conflitos, Em destaque, Povos Indígenas, Principal, Últimas

Mato Grosso do Sul é estado com mais conflitos envolvendo povos indígenas no país, por causa do confinamento das etnias; militar substituirá Evair Borges, um Terena

A Fundação Nacional do Índio (Funai) nomeou o coronel da reserva Renato Vidal Sant’Anna, do Exército, para a coordenação regional em Campo Grande. Em substituição a Evair Borges, da etnia Terena. A medida foi publicada nesta quinta-feira (10/11) no Diário Oficial da União. Confira aqui a notícia publicada pelo MídiaMax: “Coordenador da Funai em MS é substituído por coronel do Exército“.

Em 2004, Sant’Anna possuía – conforme notícia da Agência Estado – uma fazenda de 3,6 mil hectares na região de Marabá, no Pará, onde comandava um batalhão de selva. O imóvel foi ocupado naquele ano por 85 famílias ligadas à Federação dos Trabalhadores na Agricultura (Fetagri).

O Mato Grosso do Sul é o estado com mais conflitos envolvendo terras indígenas no Brasil. Com dezenas de assassinatos em regiões de conflito registrados nos últimos anos, principalmente entre os Guarani Kaiowá e Terena. As etnias reivindicam terras tradicionais ocupadas por fazendeiros. Os ataques aos Guarani Kaiowá já foram denunciados pela ONU.

No fim de 2013, os fazendeiros organizaram em Campo Grande – com a participação de ruralistas de peso no Congresso – o Leilão da Resistência, destinado a angariar recursos para o combate à ocupação de fazendas pelos povos indígenas.

You may also read!

Mortes, escravidão e abuso sexual: o legado das missões comandadas pelo pai de antropólogo preso pelo Ibama

Edward Luz foi preso em flagrante ao invadir terra indígena; seu pai homônimo expôs durante entrevistas à imprensa, uma

Read More...

Ambev diz que vai “fazer chover” fora da cidade para não molhar foliões em SP

Empresa contratou para o carnaval a ModClima, que prestou sem concorrência serviços para a Sabesp, entre 2007 e 2016;

Read More...

Multas do Ibama para assassinos de Dorothy Stang prescreveram ou ainda não foram pagas

Regivaldo Pereira Galvão, o Taradão, e Vitalmiro Bastos de Moura, o Bida, receberam autuações milionárias por desmatamento em 2004,

Read More...

One commentOn Funai nomeia um coronel fazendeiro para coordenação de Campo Grande

Leave a reply:

Your email address will not be published.