Vale reage a ocupação de fazenda no PA e oito pessoas ficam feridas

In De Olho nos Conflitos, Em destaque, Principal, Últimas

Seguranças reagiram com balas a tentativa de ocupação pela Fetraf; uma das vítimas tem menos de 18 anos; conflito foi abafado e não se tornou notícia nacional

Uma fazenda pertencente à Vale, em Canaã dos Carajás (PA), foi pivô de um conflito na quinta-feira, durante ocupação promovida pela Federação dos Trabalhadores na Agricultura Familiar (Fetraf). Oito pessoas ficaram feridas após troca de tiros.

O site do G1 no Pará disse que cinco seguranças e três “invasores” ficaram feridos: “Troca de tiros deixa feridos em tentativa de invasão em fazenda no PA“. O jornal Marabá Notícias foi mais isento: “Conflito na Fazenda São Luís deixa baleados e versões contraditórias“.

Segundo a Polícia Militar, 60 pessoas tentaram ocupar a Fazenda São Luis. “Cinco seguranças e três dos invasores ficaram feridos”, diz o G1, após ação dos seguranças quando os trabalhadores abriam caminho com um trator.

A Fetraf informa que os trabalhadores reagiram a um ataque, em legítima defesa. “Por necessidade de alimento, aprovamos uma roça coletiva”, afirmou a coordenadora nacional Viviane Oliveira. Não detonamos patrimônio nenhum. Aí a empresa desce e começou a atirar”.

O advogado da Fetraf disse ao Marabá Notícias que nenhum segurança foi baleado. E que a área ocupada para lavoura está em litígio. Ele contou que foi recolhida no local munição de calibre 380, letal. “Não foi apreendida uma arma sequer com os trabalhadores”, afirmou Marcos Tavares. Segundo ele, um dos feridos é menor de idade.

A Vale enviou ao jornal release com fotos de seguranças baleados. O advogado pergunta porque eles não foram para a delegacia para fazer exame de corpo de delito.

Tavares diz que é composta por várias áreas, com vários títulos de propriedade. E que a área estaria disponível para reforma agrária. Os sem-terra alegam que as áreas são públicas.

Em nota, a Vale afirmou que os trabalhadores bloquearam o acesso à Mina do Sossego. A empresa considera a área da fazenda “de grande importância ambiental”.

You may also read!

Família de juiz que mandou prender brigadistas foi multada duas vezes em Santarém por desmatamento

Embora as duas autuações sejam de 1996, um dos processos do Ibama contra a madeireira ainda está em curso;

Read More...

Onde era monocultura de cacau, os Tupinambá de Olivença plantam produtos orgânicos

Em pouco mais de quinze anos de luta, os indígenas da Serra do Padeiro resgataram área ocupada por mais

Read More...

Três deputados federais declaram propriedades em áreas públicas

Cristiano Vale (PR-PA) informa possuir terreno rural "sem documentos" e outro "em área devoluta"; Iracema Portela (PP-PI), uma ilha

Read More...

Leave a reply:

Your email address will not be published.