Maus tratos: ração contaminada mata 1,1 mil cabeças de gado no MS; no PR, rebanho morre de fome

In De Olho na Comida, Principal, Últimas

Animais tiveram uma morte lenta e sofrida no Mato Grosso do Sul; no Paraná, fiscais encontraram 400 bovinos morrendo de inanição

Cerca de 1,1 mil cabeças de gado já morreram por intoxicação alimentar desde quarta-feira em uma fazenda de Ribas do Rio Pardo, a 40 quilômetros de Campo Grande, no Mato Grosso do Sul. Laudo da Agência Estadual de Defesa Sanitária Animal e Vegetal (Iagro), que investiga o caso, aponta botulismo na ração de milho fornecida ao rebanho. Foram identificadas a presença das toxinas botulínicas dos tipos C e D, que afetam o sistema nervoso dos animais e provocam uma morte lenta e sofrida.

Técnicos e professores da Universidade Federal de Mato Grosso do Sul (UFMS) levaram dois animais doentes para o Departamento de Medicina Veterinária da UFMS e os mantêm em observação no intuito de descobrir se eles reagem a algum tipo de tratamento, informa o G1. Segundo a Iagro ainda faltam os laudos das vísceras e do conteúdo estomacal dos animais mortos, que só devem ficar prontos na semana que vem.

Como os animais estavam confinados e prontos para o abate, calcula-se que o criador Persio Ailton Tosi, da fazenda Monica Cristina, tenha de arcar com prejuízo de R$ 2 milhões. Um prejuízo que poderia ter sido evitado caso os responsáveis notassem que a ração de milho servida ao gado estava embolorada.

MORTOS POR FOME

Enquanto o alimento contaminado provoca mortandade no Mato Grosso do Sul, perto da divisa do estado com o Paraná, no distrito de Carbonera, a Polícia Ambiental e a Vigilância Sanitária encontraram animais mortos em decorrência de fome e constaram que cerca de 400 animais definham por inanição, informa o Massa News. Foram encontradas várias carcaças bovinas na propriedade e apenas o caseiro estava no local no momento em que as equipes chegaram. O dono deve responder na Justiça por maus tratos contra os animais.

You may also read!

General Etchegoyen diz que quilombolas de Alcântara são “cooptados por antropólogos estrangeiros”

Áudio divulgado pelo The Intercept Brasil mostra ministro minimizando luta dos maranhenses pelo território: "Ah, não quero sair porque

Read More...

Em relatório, Cimi descreve ‘ataque ruralista’ generalizado contra povos indígenas

Documento aponta papel do Congresso e mostra como direitos foram pulverizados em 2016, do número zero de demarcações ao

Read More...

ICMBio abre parcerias privadas para “uma Bélgica” de parques nacionais na Amazônia, Sul e Sudeste

Editais para estudos de Unidades de Conservação se encerram nesta terça (10/08); incluem o Parque do Itatiaia, no Rio,

Read More...

Leave a reply:

Your email address will not be published.

Mobile Sliding Menu