De Olho nos Ruralistas e Autonomia Literária lançam livro sobre FHC

In De Olho na Política, Em destaque, Principal, Últimas

“O Protegido” traz detalhes sobre o canavial de Fernando Henrique Cardoso e sobre a face agrária de sua trajetória política; lançamento será dia 12 de julho, em Paraty, em mesa com o autor, Alceu Luís Castilho, e o jornalista Glenn Greenwald

Título: “O Protegido – por que o país ignora as terras de FHC“. O canavial de Fernando Henrique Cardoso e família em Botucatu (SP) é o tema de abertura do livro que será lançado no dia 12 durante a Festa Literária Pirata das Editoras Independentes (Flipei). A mesa de debate contará com o autor, Alceu Luís Castilho, editor do De Olho nos Ruralistas, e com o jornalista Gleen Greenwald, do Intercept, autor da série de reportagens – uma delas sobre FHC – que revela diálogos da Operação Lava Jato.

Personagens da Lava Jato aparecem também em “O Protegido”. Entre eles, Emílio Odebrecht. O patriarca da empreiteira é sócio do pecuarista Jovelino Carvalho Mineiro Filho, segundo personagem principal do livro e o principal responsável pela consolidação de Fernando Henrique como fazendeiro. Outros empresários sob investigação compõem a narrativa, entre eles alguns que estavam em jantar no Palácio da Alvorada, em 2002, destinado a angariar fundos para o Instituto Fernando Henrique Cardoso, hoje Fundação FHC.

Em Botucatu, canavial. (Fotos: Vanessa Nicolav/DeOlhoNosRuralistas-Pavio)

A aventura agrária de Fernando Henrique começou com Sérgio Motta, ex-ministro das Comunicações, quando os dois compraram fazenda em Buritis (MG), cenário de despejo de famílias sem-terra durante o governo do sociólogo. Após a morte de Motta, Jovelino Mineiro tornou-se sócio dos filhos de FHC. “O Protegido” mostra como essa conexão – o pecuarista é amigo muito próximo do político – desemboca no canavial em Botucatu, localizado em área de mananciais, na região do Rio Pardo.

A mesa de debates será composta por Castilho, Greenwald e pelo ator Gregório Duvivier. O livro inaugura a parceria entre o De Olho nos Ruralistas e a editora Autonomia Literária. Ele será lançado em primeira mão no barco da Flipei, um evento alternativo à Festa Literária Internacional de Paraty, a Flip. Editoras independentes uniram-se, desde o ano passado, para alugar um barco e promover debates em uma perspectiva crítica e contra-hegemônica.

O livro já está em pré-venda, no site da Autonomia Literária, para distribuição em agosto. Os assinantes do De Olho nos Ruralistas que contribuem com R$ 12 mensais (ou R$ 120 anuais) participarão de sorteio para o recebimento do livro. Aqueles que ajudam a manter o observatório com R$ 25 mensais terão 50% de desconto. Quem contribui com mensalidades acima desses valores receberá o livro gratuitamente. As assinaturas podem ser feitas aqui.

Lançamento de “O Protegido”:
Data: 12/07/2019
Horário: 19 horas.
Local: Barco Flipei – Rio Perequê-Açú (altura da Rua Josefina Gibrail Costa), Paraty.

You may also read!

Com Bolsonaro, a vida na única reserva extrativista do Mato Grosso está mais difícil

Moradores contam que um avião sobrevoou as casas em fevereiro atirando veneno tanto quanto podia; Assembleia Legislativa tentou acabar

Read More...

Matopiba concentra mais da metade das queimadas no Cerrado

Uma das principais fronteiras do agronegócio no Brasil, região também lidera casos no acumulado de 2019, com aumento de

Read More...

Povos tradicionais e extrativistas traçam estratégias de resistência em defesa do Cerrado

Em sua 9ª edição, o Encontro e Feira dos Povos do Cerrado reuniu indígenas, quilombolas, quebradeiras de coco e

Read More...

Leave a reply:

Your email address will not be published.