De Olho nos Ruralistas e Autonomia Literária lançam livro sobre FHC

In De Olho na Política, Em destaque, Principal, Últimas

“O Protegido” traz detalhes sobre o canavial de Fernando Henrique Cardoso e sobre a face agrária de sua trajetória política; lançamento será dia 12 de julho, em Paraty, em mesa com o autor, Alceu Luís Castilho, e o jornalista Glenn Greenwald

Título: “O Protegido – por que o país ignora as terras de FHC“. O canavial de Fernando Henrique Cardoso e família em Botucatu (SP) é o tema de abertura do livro que será lançado no dia 12 durante a Festa Literária Pirata das Editoras Independentes (Flipei). A mesa de debate contará com o autor, Alceu Luís Castilho, editor do De Olho nos Ruralistas, e com o jornalista Gleen Greenwald, do Intercept, autor da série de reportagens – uma delas sobre FHC – que revela diálogos da Operação Lava Jato.

Personagens da Lava Jato aparecem também em “O Protegido”. Entre eles, Emílio Odebrecht. O patriarca da empreiteira é sócio do pecuarista Jovelino Carvalho Mineiro Filho, segundo personagem principal do livro e o principal responsável pela consolidação de Fernando Henrique como fazendeiro. Outros empresários sob investigação compõem a narrativa, entre eles alguns que estavam em jantar no Palácio da Alvorada, em 2002, destinado a angariar fundos para o Instituto Fernando Henrique Cardoso, hoje Fundação FHC.

Em Botucatu, canavial. (Fotos: Vanessa Nicolav/DeOlhoNosRuralistas-Pavio)

A aventura agrária de Fernando Henrique começou com Sérgio Motta, ex-ministro das Comunicações, quando os dois compraram fazenda em Buritis (MG), cenário de despejo de famílias sem-terra durante o governo do sociólogo. Após a morte de Motta, Jovelino Mineiro tornou-se sócio dos filhos de FHC. “O Protegido” mostra como essa conexão – o pecuarista é amigo muito próximo do político – desemboca no canavial em Botucatu, localizado em área de mananciais, na região do Rio Pardo.

A mesa de debates será composta por Castilho, Greenwald e pelo ator Gregório Duvivier. O livro inaugura a parceria entre o De Olho nos Ruralistas e a editora Autonomia Literária. Ele será lançado em primeira mão no barco da Flipei, um evento alternativo à Festa Literária Internacional de Paraty, a Flip. Editoras independentes uniram-se, desde o ano passado, para alugar um barco e promover debates em uma perspectiva crítica e contra-hegemônica.

O livro já está em pré-venda, no site da Autonomia Literária, para distribuição em agosto. Os assinantes do De Olho nos Ruralistas que contribuem com R$ 12 mensais (ou R$ 120 anuais) participarão de sorteio para o recebimento do livro. Aqueles que ajudam a manter o observatório com R$ 25 mensais terão 50% de desconto. Quem contribui com mensalidades acima desses valores receberá o livro gratuitamente. As assinaturas podem ser feitas aqui.

Lançamento de “O Protegido”:
Data: 12/07/2019
Horário: 19 horas.
Local: Barco Flipei – Rio Perequê-Açú (altura da Rua Josefina Gibrail Costa), Paraty.

You may also read!

De Olho na História (I) — Margarida Maria Alves: “Da luta não fujo”

A camponesa de Alagoa Grande (PB) foi assassinada a mando de latifundiários em 1983; os criminosos não foram condenados,

Read More...

Margarida Maria Alves abre a série De Olho na História

A trajetória de mulheres camponesas, indígenas e quilombolas compõe nova seção do observatório, com retratos de resistência feminina no

Read More...

Christiane, Aida, Marcia, Maria, Adelia: cinco histórias de Margaridas

Mulheres de todas as idades, do campo e da cidade, levaram para Brasília diferentes pautas para o encontro de

Read More...

Leave a reply:

Your email address will not be published.