Adriane Yamin diz que propriedade do pai no Pará é fruto de trabalho duro e honesto

In De Olho nos Conflitos, Em destaque, Principal, Últimas

Filha do pecuarista Amilcar Yamin, fundador das Duchas Corona, ela responde a reportagem sobre fazenda em Eldorado dos Carajás; socialite diz que acusações de grilagem são calúnias e família tomará providências cabíveis a respeito

Por Alceu Luís Castilho

A socialite Adriane Rocha Yamin, que se apresenta nas redes sociais como ex-namorada do Ayrton Senna, enviou, por meio de seu advogado, uma resposta à reportagem publicada pelo observatório na quarta-feira (16) sobre as propriedades da família em Eldorado dos Carajás e Xinguara, no Pará. Ela nega que as terras sejam griladas, como diz a Comissão Pastoral da Terra (CPT), e que são fruto do trabalho “duro e honesto” de seu pai, o empresário Amilcar Farid Yamin, criador das Duchas Corona.

Diante de uma nova pergunta da reportagem, sobre uma propriedade em seu nome, Adriane disse que “não vem ao caso” o nome de quem estão registradas as fazendas, alvos de disputa com camponeses da região. As famílias apoiadas pela Liga dos Camponeses Pobres (LCP) já foram despejadas, em anos anteriores, e acamparam em uma área contígua ao conjunto de propriedades rurais, conhecido como Complexo Surubim.

Confira aqui a reportagem inicial: “Ex-namorada de Ayrton Senna disputa terras com acampados em Eldorado dos Carajás“.

Adriane publicou, no ano passado, um livro sobre seu namoro com o piloto Ayrton Senna, nos anos 80. Ela mantém nas redes sociais, Facebook e Instagram, perfis específicos para essa relação. Foi por meio de um deles que ela respondeu ao contato da reportagem, nesta quinta-feira e hoje, sexta-feira. “Quem está sob suspeita são os invasores”, diz ela.

CONFIRA A RESPOSTA DA ESCRITORA À REPORTAGEM SOBRE CONFLITOS NO PARÁ   

Leia aqui a resposta de Adriane Yamin, conforme email encaminhado por seu advogado, Eduardo Sampaio, às 17h15 de ontem:

Christiane e Amilcar Yamin. (Foto: Reprodução)

“A fazenda em questão é de propriedade e responsabilidade de Amilcar Farid Yamin, respeitado nacionalmente como um grande empresário e pecuarista.

A família sempre prezou pelos direitos constitucionais de nosso país, inclusive o de propriedade privada. Toda e qualquer outra atitude do senhor Amilcar sempre foi balizada pelos direitos garantidos pela constituição de nosso país. Qualquer outra alegação provém de falsa acusação na intenção de utilizar a imagem pública de Adriane Yamin que está vinculada ao piloto Ayrton Senna da Silva, o que não pode ser admitido, constituindo redundante engano.

O senhor Amilcar trabalhou durante décadas para formar o patrimônio que agora desfruta. Trabalho duro e honesto. Jamais respondeu a qualquer processo na seara criminal.

Todas as afirmativas que o mesmo seria grileiro de terras são absolutamente inverídicas, devendo a fonte dessas vir a público e demonstrar a provas destas alegações.

Serão tomadas as providências cabíveis a apurar autoria e materialidade de tais calúnias contra a honra ilibada do senhor Amílcar.

Em momento algum Adriane foi procurada para esclarecer os fatos, tomando conhecimento da matéria por terceiros”.

Atenciosamente,
Adriane Rocha Yamin

UMA DAS PROPRIEDADES ESTÁ REGISTRADA EM NOME DELA

Uma das fazendas do Complexo Surubim, a Canta Galo, está registrada em nome de Adriane Yamin: a Canta Galo, de 2.239 hectares, segundo dados do Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra). Outra, a Fazenda Cedro, com 2.356 hectares, está no nome da irmã Christiane Rocha Yamin.

Adriane foi procurada pela reportagem antes da publicação. Como não foi localizada por telefone, foram enviadas mensagens para dois de seus perfis nas redes sociais, no Facebook. Ela respondeu por meio de um deles, destinado à divulgação de sua relação com Ayrton Senna durante a adolescência.

Como a nota enviada por ela não falava de propriedades em nome dela e de Christiane, apenas do pai, foi feita uma pergunta sobre essas fazendas. Ela disse que a propriedade “foi adquirida com a capacidade e competência de anos de trabalho do Sr. Amilcar e em nome de quem está não vem ao caso”.

“Quem está sob suspeita são os invasores”, continuou a Adriane. “Não quem trabalha e produz divisas para nosso país”. Mais à frente, ela disse: “Temos vastas documentações de compra e venda de todas as propriedades da família”. E pediu para que a reportagem “não faça distorção de valores entre gente honesta e bandidagem”.

Alceu Luís Castilho é diretor de redação do De Olho nos Ruralistas. |

Foto principal (Reprodução): lançamento de livro de Adriane sobre Ayrton Senna, em novembro de 2019

You may also read!

Fernando Henrique Cury, que assediou Isa Penna, ganhou nome em homenagem a FHC

Produtor rural, ele pertence a uma família que domina há décadas a política em Botucatu (SP), onde o ex-presidente

Read More...

Ex-namorada de Ayrton Senna disputa terras com acampados em Eldorado dos Carajás

Adriane Yamin namorou o piloto quando adolescente; ela, a irmã e o pai Amilcar, criador das Duchas Corona, declaram

Read More...

Abrasco pede ao STF a inclusão de quilombolas no grupo prioritário para a vacina da Covid-19

Plano Nacional de Operacionalização da Vacinação contra a pandemia enviado pelo Ministério da Saúde ao Supremo não incluiu moradores

Read More...

Leave a reply:

Your email address will not be published.